Arquivos
 10/07/2016 a 16/07/2016
 12/04/2015 a 18/04/2015
 22/03/2015 a 28/03/2015
 15/03/2015 a 21/03/2015
 01/03/2015 a 07/03/2015
 22/02/2015 a 28/02/2015
 15/02/2015 a 21/02/2015
 01/02/2015 a 07/02/2015
 25/01/2015 a 31/01/2015
 18/01/2015 a 24/01/2015
 04/01/2015 a 10/01/2015
 30/11/2014 a 06/12/2014
 16/11/2014 a 22/11/2014
 02/11/2014 a 08/11/2014
 26/10/2014 a 01/11/2014
 14/09/2014 a 20/09/2014
 31/08/2014 a 06/09/2014
 20/07/2014 a 26/07/2014
 13/07/2014 a 19/07/2014
 06/07/2014 a 12/07/2014
 08/06/2014 a 14/06/2014
 04/05/2014 a 10/05/2014
 20/04/2014 a 26/04/2014
 16/03/2014 a 22/03/2014
 02/03/2014 a 08/03/2014
 23/02/2014 a 01/03/2014
 29/12/2013 a 04/01/2014
 08/09/2013 a 14/09/2013
 21/07/2013 a 27/07/2013
 07/07/2013 a 13/07/2013
 05/05/2013 a 11/05/2013
 31/03/2013 a 06/04/2013
 17/03/2013 a 23/03/2013
 16/12/2012 a 22/12/2012
 18/11/2012 a 24/11/2012
 23/09/2012 a 29/09/2012
 29/07/2012 a 04/08/2012
 15/07/2012 a 21/07/2012
 03/06/2012 a 09/06/2012
 15/04/2012 a 21/04/2012
 18/03/2012 a 24/03/2012
 04/03/2012 a 10/03/2012
 26/02/2012 a 03/03/2012
 19/02/2012 a 25/02/2012
 16/10/2011 a 22/10/2011
 04/09/2011 a 10/09/2011
 31/07/2011 a 06/08/2011
 19/06/2011 a 25/06/2011
 09/08/2009 a 15/08/2009
 05/07/2009 a 11/07/2009
 10/05/2009 a 16/05/2009
 29/06/2008 a 05/07/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 03/12/2006 a 09/12/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Rock Brado
 


O novo Lynyrd. Mais do mesmo – ainda bem!

“Who Cares?”: Coletânea caça-níqueis. Só que esta é bem intencionada!

 

Normalmente o Eremita compra discos que tem por volta de 30 anos de idade. O que se pode dizer sobre isso? Que sou um velho conservador, atado a um único tipo de música, que não consegue ouvir o Rock produzido atualmente com a mesma boa vontade dedicada às velharias? Ou que hoje em dia é muito difícil se achar bandas novas que produzem coisas à altura daquelas criadas no século passado? Tem um pouco de verdade nas duas frases. A vantagem é que eu não me importo quem ou o que está certo, desde que eu tenha boa música para ouvir.

Os dois discos comentados aqui foram lançados e comprados recentemente. Um é realmente novo, isto é traz músicas inéditas, mas a banda é velha. O outro nem músicas inéditas traz.

O primeiro deles é o novo do Lynyrd Skynyrd, “Last of a dyin’ breed”. Sou um grande fã da banda, que tem uma das histórias mais incríveis do Rock. A série de tragédias que a banda viveu (ou melhor, ainda vive), dividiu a existência do Lynyrd em duas fases – a inicial, com o vocal de Ronnie Van Zant e a atual, em que seu irmão Johnny o substitui alguns anos após sua morte. A primeira fase é, sem dúvida, a melhor. Foi quando foram criados os clássicos que ainda hoje ocupam a maior parte do repertório dos shows. A segunda fase criou poucos clássicos, mas sempre lançou bons discos, como é o caso deste mais recente. O nível acompanha os anteriores, com Rocks de qualidade, muito bem executados. A faixa-título é uma das melhores que abriram os discos da segunda fase. A frase que dá nome ao disco foi extraída da letra de outra faixa-título, “The last rebel” (1992), esta um dos raros clássicos da era Johnny Van Zant. Voltando ao disco, a segunda faixa, “One day at time” é outro dos destaques. No conjunto, um pacote forte de músicas.

Saindo do disco atual e pulando para o anterior, “God and guns”. Este segue a regra, tem um bom nível e colabora para que, neste caso, “mais do mesmo” seja uma coisa boa. O que não dá para deixar de comentar é a letra da faixa-título, uma apologia às armas. Segundo a banda, os Estados Unidos são o que são porque o país se apoiou em Deus e em armas. Por mais que eu goste da banda (e o pior é que “God and guns”, a faixa, é uma música excelente!), não dá para defender esse tipo de conceito. Ideias como essa é que acabam produzindo os massacres contra crianças provocados por franco-malucos-atiradores com lamentável regularidade na América. Apesar do deslize, O Lynyrd continua sendo para mim a melhor banda de Rock americana, que produziu um novo disco muito bom.

O “Who cares” é uma coletânea dupla, contendo faixas menos conhecidas da carreira solo de Gillan e do Black Sabbath. É o segundo lançamento do projeto de Ian Gillan e Tommy Iommi cujo objetivo é arrecadar dinheiro para financiar a construção de uma escola de música na Armênia. O anterior havia sido um EP, também chamado “Who cares”, que trazia as faixas “Holy water” e “Out of my mind”. Esta é a que abre a coletânea. Depois vem “Zero the hero” (do Sabbath); “Trashed”, em versão que saiu no disco “Gillan’s Inn” e seguem uma série de faixas, algumas raras outras nem tanto. A capa do CD é baseada em uma foto tirada da época do Sabbath. Eu nunca havia me tocado como Iommi parece com o Butler! O mais importante não é o conteúdo, mas sim a causa. É por isso que este disco está aqui – uma humilde tentativa de ajudar na divulgação do projeto. Obviamente que eu recomendo a todos que comprem. É um jeito de contribuir, recebendo em troca um punhado de Rocks muito bons. A Hellion Records lançou o disco no Brasil, assim como já havia lançado o EP.



Escrito por cucci às 19h28
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]