Arquivos
 10/07/2016 a 16/07/2016
 12/04/2015 a 18/04/2015
 22/03/2015 a 28/03/2015
 15/03/2015 a 21/03/2015
 01/03/2015 a 07/03/2015
 22/02/2015 a 28/02/2015
 15/02/2015 a 21/02/2015
 01/02/2015 a 07/02/2015
 25/01/2015 a 31/01/2015
 18/01/2015 a 24/01/2015
 04/01/2015 a 10/01/2015
 30/11/2014 a 06/12/2014
 16/11/2014 a 22/11/2014
 02/11/2014 a 08/11/2014
 26/10/2014 a 01/11/2014
 14/09/2014 a 20/09/2014
 31/08/2014 a 06/09/2014
 20/07/2014 a 26/07/2014
 13/07/2014 a 19/07/2014
 06/07/2014 a 12/07/2014
 08/06/2014 a 14/06/2014
 04/05/2014 a 10/05/2014
 20/04/2014 a 26/04/2014
 16/03/2014 a 22/03/2014
 02/03/2014 a 08/03/2014
 23/02/2014 a 01/03/2014
 29/12/2013 a 04/01/2014
 08/09/2013 a 14/09/2013
 21/07/2013 a 27/07/2013
 07/07/2013 a 13/07/2013
 05/05/2013 a 11/05/2013
 31/03/2013 a 06/04/2013
 17/03/2013 a 23/03/2013
 16/12/2012 a 22/12/2012
 18/11/2012 a 24/11/2012
 23/09/2012 a 29/09/2012
 29/07/2012 a 04/08/2012
 15/07/2012 a 21/07/2012
 03/06/2012 a 09/06/2012
 15/04/2012 a 21/04/2012
 18/03/2012 a 24/03/2012
 04/03/2012 a 10/03/2012
 26/02/2012 a 03/03/2012
 19/02/2012 a 25/02/2012
 16/10/2011 a 22/10/2011
 04/09/2011 a 10/09/2011
 31/07/2011 a 06/08/2011
 19/06/2011 a 25/06/2011
 09/08/2009 a 15/08/2009
 05/07/2009 a 11/07/2009
 10/05/2009 a 16/05/2009
 29/06/2008 a 05/07/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 03/12/2006 a 09/12/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Rock Brado
 


Olho atento na Mída - 1

Tenho a mania de numerar alguns títulos, como se fossem parte de uma série. Neste caso, é pouco provável que role outra desta. Normalmente as postagens aqui neste hipoalérgico blog são mastigadas durante um certo tempo, até que cheguem ao texto final e só então são publicadas. Sei que é difícil de acreditar que coisas de tão baixa qualidade tenham que ser maturadas. Fazer o quê. O Manuel Bandeira é que eu não sou. Desta vez o texto saiu de repente porque houve uma coincidência envolvendo uma banda que secretamente admiro: o Deep Purple. Na mesma semana fui surpreendido por dois fatos que me chamaram a atenção na mídia. Ontem, dia 21 de março de 2014 a Folha de São Paulo publicou uma matéria sobre Heavy Metal, cujo foco era mostrar o quanto o país atraía excursões dos grandes nomes do metal pesado. O que me surpreendeu foi saber que a banda que mais tocou no Brasil (entre as mais conhecidas, é claro) foi o Deep Purple, com 59 shows! Também é a recordista em cidades visitadas: 17. Quem diria. Para um velho fã que acompanhou o esfacelamento da banda em 1976 e depois soube que a “turnê mundial” do retorno às atividades em 1984 não incluiu o Brasil, foi incrível ver que chances de assistir o Purple em ação por estas terras onde reina a ordem e o progresso não faltaram. Realmente, não tinha ideia dessa estatística. Lembro-me bem do último desses shows por aqui. Foi numa segunda-feira, na mesma semana em que havia um show do Eric Clapton e mais outro evento importante (pela atual condição da minha memória isso é “lembrar bem”). O fato é que não houve praticamente divulgação na mídia e, mesmo assim, o hoje extinto Via Funchal encheu completamente de fãs do Purple.

Vamos para o outro fato. Eu havia comprado a edição 193 da Classic Rock, de onde acabei tirando as informações sobre a morte do Peter Banks (duas postagens atrás). Trata-se de uma revista que, em termos mundiais, está acima do bem e do mal. É inglesa, está há muito tempo no mercado e tem um time de redatores dos mais respeitados. Estava lendo a matéria de capa, quando uma foto me chamou a atenção: a reprodução de um cartaz do “Concerto for Group and Orchestra”, que o Purple apresentou em 1969. Está na página 64. Como a matéria era sobre 1969 e os 300 dias que registraram o nascimento do Rock Pesado, a ilustração tinha tudo a ver. O Concerto marcou o ingresso de Gillan e Glover no Purple e com eles teve início a fase mais gloriosa da banda. O problema é que o cartaz é FALSO! As fotos dos músicos da banda foram tiradas muito depois do Concerto. Devem ser de 1972/1973. Não poderiam, portanto, estar no cartaz. Outro detalhe comprometedor: o erro no título do show: "Orchestro" ao invés de "Orchestra". Não desconfio dos editores da Classic Rock. Existem montes de cópias de antigos cartazes de shows de Rock à venda. Nem todos são fidedignos. Eu chuto que o que foi usado na matéria foi comprado em alguma livraria ou loja de presentes de Londres. Vejam a reprodução do cartaz e constatem que O Eremita tem razão. Fãs são meticulosos.



Escrito por cucci às 19h50
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]