Arquivos
 10/07/2016 a 16/07/2016
 12/04/2015 a 18/04/2015
 22/03/2015 a 28/03/2015
 15/03/2015 a 21/03/2015
 01/03/2015 a 07/03/2015
 22/02/2015 a 28/02/2015
 15/02/2015 a 21/02/2015
 01/02/2015 a 07/02/2015
 25/01/2015 a 31/01/2015
 18/01/2015 a 24/01/2015
 04/01/2015 a 10/01/2015
 30/11/2014 a 06/12/2014
 16/11/2014 a 22/11/2014
 02/11/2014 a 08/11/2014
 26/10/2014 a 01/11/2014
 14/09/2014 a 20/09/2014
 31/08/2014 a 06/09/2014
 20/07/2014 a 26/07/2014
 13/07/2014 a 19/07/2014
 06/07/2014 a 12/07/2014
 08/06/2014 a 14/06/2014
 04/05/2014 a 10/05/2014
 20/04/2014 a 26/04/2014
 16/03/2014 a 22/03/2014
 02/03/2014 a 08/03/2014
 23/02/2014 a 01/03/2014
 29/12/2013 a 04/01/2014
 08/09/2013 a 14/09/2013
 21/07/2013 a 27/07/2013
 07/07/2013 a 13/07/2013
 05/05/2013 a 11/05/2013
 31/03/2013 a 06/04/2013
 17/03/2013 a 23/03/2013
 16/12/2012 a 22/12/2012
 18/11/2012 a 24/11/2012
 23/09/2012 a 29/09/2012
 29/07/2012 a 04/08/2012
 15/07/2012 a 21/07/2012
 03/06/2012 a 09/06/2012
 15/04/2012 a 21/04/2012
 18/03/2012 a 24/03/2012
 04/03/2012 a 10/03/2012
 26/02/2012 a 03/03/2012
 19/02/2012 a 25/02/2012
 16/10/2011 a 22/10/2011
 04/09/2011 a 10/09/2011
 31/07/2011 a 06/08/2011
 19/06/2011 a 25/06/2011
 09/08/2009 a 15/08/2009
 05/07/2009 a 11/07/2009
 10/05/2009 a 16/05/2009
 29/06/2008 a 05/07/2008
 13/04/2008 a 19/04/2008
 23/03/2008 a 29/03/2008
 13/01/2008 a 19/01/2008
 06/01/2008 a 12/01/2008
 30/12/2007 a 05/01/2008
 23/12/2007 a 29/12/2007
 25/11/2007 a 01/12/2007
 18/11/2007 a 24/11/2007
 01/07/2007 a 07/07/2007
 29/04/2007 a 05/05/2007
 22/04/2007 a 28/04/2007
 08/04/2007 a 14/04/2007
 01/04/2007 a 07/04/2007
 04/03/2007 a 10/03/2007
 04/02/2007 a 10/02/2007
 21/01/2007 a 27/01/2007
 14/01/2007 a 20/01/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 03/12/2006 a 09/12/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Rock Brado
 


 

Ninguém esperava por isto! Literalmente... (Reeditado!)

 

 

 

A redação da caverna d’O Eremita nunca para. Quando não estão sendo elaborados textos audazes e cheios de estilo para as próximas postagens, os trabalhos antigos são revisados, atualizados, higienizados e protendidos. Tem mais um lote de trabalhos à disposição de você, leitor. O termo “você” se aplica com precisão, pois existe apenas uma pessoa que lê meus textos. Só não revelo o nome como um reconhecimento à sua fidelidade porque essa pessoa me pediu segredo. Estranho... Bom, as novidades que O Eremita acaba de disponibilizar gratuitamente na Internet, abrindo mão de uma fortuna em direitos autorais, estão descritas acima, seguindo a ordem da figura abaixo (êpa, espera aí, é o contrário – preciso lembrar de revisar isto antes de publicar):

(1) Discografia Comentada do Deep Purple – Os Discos de Estúdio: a versão disponível é a sétima, que tem várias coisas a mais, incluindo o número de páginas. Agora são 227! As principais novidades são três itens na Bibliografia. Recomendado pela Associação Médica de Jarinu como uma cura infalível para a insônia.

(2) Deep Purple – Discografia Brasileira: décima-quarta versão deste trabalho que pacientemente reuniu os discos em vinil lançados no Brasil do Deep Purple, bandas derivadas e álbuns-solo. Nesta mais recente edição foram incluídos dois itens, somando 110 discos. Um trabalho de grande utilidade para...ahn...humm...sei lá, para os colecionadores de discos de vinil brasileiros do Deep Purple ao redor do mundo. Todos os dois.

(3) Roy Buchanan: este trabalho dedicado a um dos guitarristas mais injustiçados pela mídia está na sua terceira versão. Entre os três textos, este foi o que mais avançou – esta atualização tem 102 páginas, contra 67 da anterior. Dê essa chance aos seus ouvidos – conheça o trabalho do Roy Buchanan. Dê uma chance aos seus olhos – não baixe este texto. Êpa!

(4) Deep Purple – Sounds Fan Library: O Eremita escaneou página por página desta revista e as colocou à disposição dos seguidores do Purple. Tudo regularmente autorizado pela Associação e União dos Associados e Unidos – AUAU.

(5) Tommy Bolin – The Ultimate: assim como no caso anterior, foram escaneadas todas as páginas do livro que acompanha esta coletânea. São fotos inéditas, acompanhadas de um texto, tudo feito com a colaboração dos familiares de Bolin. Com a anuência da AUAU, é claro.

Este post foi publicado em 05.set.14, mas os links indicados não funcionaram, pois alguma coisa aconteceu com eles, que eu não sei explicar. Mudei tudo e agora cada título é um link para o arquivo do respectivo texto. Tudo isso graças ao alerta do Marcelo Feres, grande fã do Deep Purple e um dos três leitores fixos deste blog. Valeu, Marcelo!

 

 

 

 

 

 



Escrito por cucci às 20h52
[] [envie esta mensagem
]





Postagem especial do Rock Brado – Uêba!


Este é um momento de festa, pois o Rock Brado chega à sua septuagésima primeira postagem! Eremitas são assim, não comemoramos coisas quando elas chegam a números redondos. E também adoramos os números ordinais. Assim como para meus colegas ermitões, o 71 carrega um significado todo especial e secreto, cuja origem se perdeu no tempo porque nunca ninguém se interessou em descobrir. Eu também não estou nem aí. Mesmo assim, para comemorar esta tão importante ocasião, resolvi divulgar um trabalho de alta qualidade, só para variar. Isso descartou a possibilidade de publicar qualquer trabalho de minha autoria. Fiz então umas prospecções nas profundezas da minha caverna e achei uma antiga revista “Mad”, versão original americana, que eu havia guardado justamente porque ela continha o artigo que escolhi para esta postagem . Eu sou extremamente econômico com o emprego da palavra genial, pois obras de gênio são realmente poucas e não podemos aplicar o adjetivo indiscriminadamente. O cartum que segue se não é genial, está quase lá. Obteve 0,356 na “Escala Salame de Genialidade” (sempre é bom distribuir um pouco de cultura: essa escala foi criada em 1.234 pelo cocheiro italiano Luigi Felipo Salame e ela vai de 0 a 0,37).

O cartum fez parte da edição 121, de setembro de 1968 (capa reproduzida acima). Normalmente a “Mad” traz os créditos dos autores, mas, nesse caso, não consegui achar o nome do praticamente genial cartunista. Pelo estilo do desenho, diria que é obra de Jack Davis. Sem certeza, no entanto. O conteúdo do cartum não precisa de descrição, mas para ajudar, após a reprodução coloquei a tradução de cada uma das legendas das figuras, seguindo a mesma ordem que aparecem no desenho.

 


“Nossa fabulosa carreira como cantores em fotos” – Gino e os Frentistas

Aqui estamos, quatro completamente desconhecidos trabalhadores de um posto de gasolina de Mineola, N.Y., sendo descobertos pelo empresário artístico Monty Mulct.

Agora estamos no escritório de Monty com um novo nome (“Gino and The Gassers”), um contrato novo, roupas novas e o mesmo velho corte de cabelo.

Aí estamos nós gravando nosso primeiro disco. Assim que terminarmos o disco, planejamos comprar partituras e descobrir o que são as tais letras de música.

Com o nosso primeiro disco vendendo mais de 10 milhões de cópias por hora, nós demos um concerto fantástico que começou no Los Angeles Coliseum e prosseguiu no Soldiers Field, em Chicago.

Seis milhões de fãs gritando nos viram deixar Los Angeles. Mas, quando aterrissamos em New York, não vimos ninguém no aeroporto. Monty nos disse que a gente já era. Então nós saltamos para a nossa limusine especial que nos levou rapidamente de volta...

...para o velho posto de gasolina em Mineola. Bem, foi muito divertido enquanto durou. Que experiência! Que carreira! Que dia!



Escrito por cucci às 20h45
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]